Juventude ativa!

terça-feira, 6 de julho de 2010

PAPO JOVEM


Isso vende calcinha?

Sinceramente, você mulher. Vamos supor que não acredite em nada, não tenha religião alguma e muito menos opinião formada sobre o assunto. Você compraria calcinhas vendo a imagem ao lado?

Que relação consegue ter uma mulher semi-nua em frente a uma Igreja com um objeto sacro na mão?

Ideologias publicitárias à parte, o anúncio em nada quer promover a venda de seu produto, e sim atacar uma instituição religiosa, fazendo uso de imagens e símbolos sagrados para toda a nação católica. Até mesmo a acusação se perde (a de Pedofilia), afinal, segundo a Wikipédia,  'a pedofilia (também chamada de paedophilia erotica ou pedosexualidade) é a perversão sexual, na qual a atração sexual de um indivíduo adulto ou adolescente está dirigida primariamente para crianças pré-púberes'. Aonde está a criança pré-púbere na foto? Aonde está o sentido de PEDOFILIA neste contexto?

Como estudante da área fico indignado com a falta de ética de tal peça publicitária, pois ela não condiz com a verdade. Já postamos em nosso blog estudos que comprovam que 99,98% dos sacerdotes católicos não tem nada a ver com pedofilia. Portanto, uma grande minoria tem feito com que uma grande maioria pagasse por este fardo. E os outros pedófilos? Os políticos, os professores, os pastores protestantes, os próprios familiares, etc; também serão 'estereotipados' e marcados com a imagem da pedofilia? Espero que não.

Infelizmente, por motivos humanos e não divinos, alguns sacerdotes de nossa Igreja caíram nesta armadilha do inimigo e serão julgados pelos seus crimes aqui na Terra e no juízo, com Deus, a quem deverão prestar conta de seus pecados. Porém, não cabe a nós, católicos, aceitarmos que tais porcarias sejam jogadas cruelmente nas nossas caras, acusando nossos amados sacerdotes de serem TODOS pedófilos e indignos. 

Vamos fazer valer a vida e o sangue de tantos mártires que morreram pelo Evangelho, desde que a Igreja foi instaurada em Pedro. Vamos valorizar o trabalho missionário de quase dois milênios por uma sociedade mais correta e igual. Vamos parar de apoiar empresas que querem nos desmoralizar! Sim, vamos boicotar, vamos mostrar nossa força de povo unido e irmão.

E, acima de tudo, vamos orar mais.



Raphael Brambati
Grupo de Jovens Juventude Ativa! - Paróquia São José
Encontro de Jovens com Cristo - Paróquia São Pedro
Vocalista da Banda Tronus
Colaborador do juventudeativa.com

5 comentários:

  1. Essa campanha quis mesmo criticar a Igreja Católica ou foi apenas uma maneira baixa de visar o lucro, sendo indiferente se ofenderia ou não? Porque nunca acreditei que o assunto recorrente, pedofilia na igreja, seja interessante para a publicidade, tanto que a Duloren tentou e acabaou saindo de péssimo gosto.

    ResponderExcluir
  2. Rafael (Monge) !6 de julho de 2010 20:58

    Vamos organizar um protesto coletivo primeiramente no site www.duloren.com.br no link navegue/faleconosco.

    Critiquem !

    ResponderExcluir
  3. Enquanto Comunicador Social, fico triste ao perceber, o quanto podem ser de baixo nivel e ofensivas as campanhas publicitárias, concordo que elas tem que ser atuais, que quebrem paradigmas e demonstrem opinião, que venham a irtervir no comportamento do consumidor, que mudem e contestem verdades, mais sempre com etica e respeito...

    ResponderExcluir
  4. Ri-dí-cu-lo.

    E olha que não esses não são os primeira a atacar a Igreja Católica e nem serão os últimos, o filme A Papista é só mais um exemplo e nos Católicos temos que parar de engolir qualquer coisa que vem da mídia.

    Critiquem !²

    ResponderExcluir
  5. e mais, agora entrei no site dessa marca ai e outras campas nesse estilo foram realizadas.

    Destaque para uma uma onde se ironiza a frase "Só Jesus é fiel" onde há a foto de uma mulher com um celular no ouvido dando a interpretação de que esta falando com seu amante enquanto seu marido está assistindo tv e outras ainda piores...

    ResponderExcluir