Juventude ativa!

segunda-feira, 25 de janeiro de 2010

LITURGIA |


 
 
 
O Sacramento da Crisma - Parte II



INSTITUÍDA POR JESUS CRISTO

A Crisma como sacramento do Espírito Santo como dom de Deus, foi instituída por Jesus Cristo. Vejamos:
  • Jesus foi ungido pelo Espírito Santo após seu Batismo (Lc 4, 18);
  • O Espírito Santo é um presente que o Pai faz a pedido de Jesus (Jo 14, 16);
  • É o presente gratuito que Jesus prometeu aos seus discípulos e à Igreja (Jo 14, 26);
  • Foi enviado sobre os apóstolos depois que Jesus subiu ao céu, após sua Ascensão (Jo 16, 7; At 2, 1-11);
  • Os apóstolos assumiram como sendo própria deles a missão de Jesus (At 8, 15-17).
VINCULA OS FIÉIS À COMUNIDADE-IGREJA
Pela Crisma nós nos tornamos cristãos adultos na fé. Mas, o que é uma pessoa adulta? Dizemos que uma pessoa é adulta na vida quando tem decisão própria, responsabilidade, compromisso. Assim, o crismando deve ser alguém que amadureceu espiritualmente; aquele que está decidido a deixar agir o Espírito Santo que está dentro dele; o compromisso será seu gesto concreto na comunidade. Logo, ela faz nascer o nosso compromisso com o Evangelho e com a comunidade.

A Crisma nos dá a totalidade da vida cristã pela força do Espírito Santo: "Para entrar no Reino de Deus é preciso nascer da água e do Espírito Santo" (Jo 3, 3-8). Pela Crisma fortifica-se os laços de união do Batizado e a comunidade, isto é, o crismando recebe uma força especial, nova, que o torna capaz de melhor viver a sua fé em Cristo, na Igreja e na comunidade.
"Pelo sacramento da Crisma, os fiéis são vinculados mais perfeitamente à Igreja, enriquecidos de especial força do Espírito Santo, e assim mais estritamente obrigados à fé que, como verdadeiras testemunhas de Cristo, devem difundir e defender tanto por palavras como por obras" (Lumen Gentium, nº 11).
 

Parte I

Nenhum comentário:

Postar um comentário